Farmácias vai registar um aumento de demanda, em contraste com a crise do Coronavírus | Vídeo Mavicle-Promo

As empresas do setor, eles continuam a ser aberto ao público, eles precisam intensificar os cuidados para a proteção de funcionários e clientes

No segmento de farmácias, houve um aumento nas vendas durante este período de isolamento social a que é causada por uma pandemia de um novo coronavírus. Em contraste com outros setores, como o de alimentos ou de beleza, por exemplo, a maioria dos que tiveram no Brasil, um aumento de 15% na demanda, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Boston Consulting Group. Apesar disso, mesmo que eles não estão sendo forçadas a fechar suas portas, as empresas também precisam estar cientes dos desafios colocados por este momento no tempo.

O analista, Enquanto na Costa, na unidade da competitividade Brasileira, lembra-nos que a mais para o fato de que eles vão continuar a servir o público deve ser mais cuidados para evitar a contaminação do funcionário e o cliente. “Iniciativas como a criação de horários alternativos para atender a grupos de risco, marque a linha para a qual é transportada é a distância mínima entre as pessoas, para criar uma barreira protetora sobre as caixas, e / ou para a realização de cuidados em assistência domiciliar, o que traz mais segurança e paz de espírito”, diz Geraldo.

De acordo com o especialista, as empresas também não podem deixar o cuidado com a gestão do negócio. “O proprietário de um pequeno negócio precisa avaliar se eles estão usando toda a força de trabalho empregada por eles. Além disso, eles devem avaliar a possibilidade de tirar férias para uma parte da equipe, por exemplo”, diz Jerry. Outra iniciativa importante é ter tempo para treinar seus funcionários através da utilização de várias ferramentas de qualificação on-line está disponível.

Enquanto na Costa, lembra que em tempos de crise, é fundamental que os empresários estão focadas na estabilidade do fluxo de caixa. Neste sentido, é negociar uma redução no custo do negócio, que é algo que deve ser buscado em todos os momentos. “Ninguém sabe quanto tempo essa crise vai durar, e se está em alta demanda em farmácias, ele vai ser. Por este motivo, é para discutir a extensão dos prazos de pagamento com os fornecedores, de quantidades e prazos no aluguel das lojas, e a redução das taxas do serviço de entrega. Tudo o que podemos para o comércio, deve ser julgado”, disse ele.

Aqui estão algumas dicas para as empresas do setor

  • Para garantir o fornecimento de nossos produtos. A farmácia deve assegurar que a aquisição de medicamentos e equipamentos de proteção individual necessários, e a necessidade de cooperar na educação, nos cuidados de saúde e de gestão em colaboração com os hospitais e unidades de cuidados de saúde, mesmo em tempos de crise, a saúde do público.
  • Tenha cuidado para não demitir funcionários, e de perder as pessoas, já preparados, além de aumentar o custo de lidar com as demissões.
  • Desenvolver canais alternativos de vendas.
  • Se a sua empresa não opera com a entrega, é hora de repensar sua estratégia.
  • Lidar com a aplicação do sistema de entrega , de modo que ele não é para ser feita para a cobrança de taxas neste tempo de crise.
  • Investir em marketing nas mídias sociais.
  • Investir em marketing direto, com um ímã de geladeira.

Foto: Shutterstock Fonte: Guia da Farmácia

 

Fonte: mavicle.com.br/farmacias-registram-aumento-de-demanda-na-contramao-da-crise-do-coronavirus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *